Passar para o conteúdo principal

Mara Santos

Mara Santos
Testemunho de Mara Santos, Enfermeira da DaVita na unidade de Leiria, na fotografia com Carolina Luís, em missão Bol na Nigéria em abril de 2019

A realização de um a missão humanitária sempre foi um desejo pessoal e profissional, como enfermeira, que eu nunca tinha concretizado.

A oportunidade de participar na missão, na Nigéria com a Bridge of Life, suscitou em mim um misto de sentimentos e emoções: o medo do desconhecido, a aventura, o desejo de fazer o bem, a realização pessoal. Nas primeiras horas com a equipa percebi que já estava a adorar a experiência. Assim que chegamos à Nigéria todos os medos desvaneceram e eu abracei a missão de corpo e alma.

Foram dias muito intensos, que, por vezes, esqueci de mim própria em prol da ajuda ao próximo, mas era a gratidão do povo de Jiwa que saciava todas as minhas necessidades. Durante os dias da missão, senti que eu e os meus colegas de equipa fizemos a diferença na saúde da população de Jiwa. Apesar de incidirmos em cuidados de saúde primários, foram despistadas várias situações, que a curto ou médio prazo teriam consequências graves na saúde dessas pessoas. Considero que o objetivo, a organização e a dinâmica da Bridge of Life tem potencial para ajudar ainda mais pessoas carentes de cuidados de saúde no mundo.

Apesar de ser uma pessoa viajada, esta foi, sem dúvida, uma das melhores experiências da minha vida. Será difícil de esquecer um pais e o seu povo com uma diferença cultural tão grande, mas que me acolheram tão bem. Posso dizer que senti a plenitude de fazer o bem. Os sentimentos de gratidão e de realização são imensos e difíceis de explicar, apenas se sentem.

Obrigada à Katie e à Bridge of Life. Até breve, é o meu desejo…

mara santos

 

Cookie Settings